Show gospel reúne cerca de 7 mil pessoas em Canela

Show gospel reúne cerca de 7 mil pessoas em Canela

Canela
Typography

Atração beneficente da Festa da Música arrecadou mais de 5 toneladas de alimentos

Primeira atração da Festa Nacional da Música, o show gospel embalou a cidade de Canela (RS) na tarde deste domingo (18). Com a apresentação de grandes nomes da música cristã, o Centro de Feiras da cidade recebeu cerca de 7 mil pessoas e arrecadou mais de 5 toneladas de alimentos não perecíveis, coletados como ingresso.

O montante será distribuído entre todas as entidades assistenciais do município.
Comandado pelo cantor e apresentador Fabinho Vargas, o evento levou ao palco Damares, Marcelo Crivella, Eli Soares, Leonardo Gonçalves, Cairon Roberto, Yuri Oliver, Leão de Judah, Roberto Marinho, Jonas Vilar, Brunno Velasco, Geraldo Guimarães, Jairo Bonfim, Anayle Sullivan, acompanhada do marido e compositor Michael Sullivan, Ton Carfi, Marcos Nunes, Daniela Araújo e Marina Mesquita, de 11 anos.
Com duração de seis horas, a atração contou com momentos fervorosos, como a participação de Damares. A cantora, que será homenageada na Festa da Música na noite desta segunda-feira (19), cantou quatro músicas: “Consolador”, “O Maior Troféu”, “Sabor de Mel” e “Um Novo Vencedor” – a última apresentada em tom intimista, acompanhada apenas pelo violonista Paulo Vargas. “Estou muito feliz em participar e em ser homenageada na Festa porque é mais uma conquista, entre tantas que eu recebi de Deus. O carinho das pessoas vem de Deus. Ele envia elas para me abençoar, me dar ânimo e forças para continuar. Estou muito emocionada e feliz de estar aqui”, disse.
Outro nome muito esperado pelo público foi o bispo e senador Marcelo Crivella, que levantou a multidão com a canção “Vai Arrebentar”. “Não há palavras para a gente expressar a importância de termos tantos jovens reunidos acreditando, tendo fé, buscando a Deus. Em cada jovem desses tem um potencial extraordinário. E esse potencial, se não for pela fé, bem usado, pode acabar na frustração das drogas, da prostituição, que seriam um desperdício para eles, para a pátria e para os Céus”, disse o cantor, que é um dos maiores recordistas em arrecadação junto ao Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição).

crédito foto: Jackson Ciceri