Emoções em evidência por Eneida Fiegenbaum

Emoções em evidência por Eneida Fiegenbaum

Panambi
Typography

É fundamental entender a importância da inteligência emocional na vida de todos nós. É preciso ter consciência da necessidade urgente de aprender a lidar de maneira inteligente com as nossas emoções, através de ensinamentos que objetivem o controle emocional. É desse modo que se obtém qualidade em nossas inter relações, tanto no ambiente familiar, social, como no ambiente de trabalho.

 

Em 1995, o psicólogo americano Daniel Goleman, marca um novo conceito de inteligência. Movido por uma curiosidade em esclarecer o motivo de algumas pessoas serem bem sucedidas tanto na vida pessoal, como na vida profissional, sua inquietude o levou a realizar anos de pesquisa com crianças e jovens estudantes, onde descobriu que temos duas principais inteligências fundamentais para o sucesso: a cognitiva e a emocional. Ambas precisam estar equilibradas.

 Resumidamente, nosso intelecto, ou seja, nosso QI não é garantia de sucesso profissional ou pessoal. Há pessoas muito bem preparadas e com várias especializações, que possuem um preparo técnico fantástico, mas sem nem um preparo emocional. Pessoas que não sabem reconhecer as suas próprias emoções e tão pouco estão capacitadas a reconhecer as emoções no outro, resultando em permanentes conflitos e grande dificuldade de relacionamento. Sendo essas, as denominadas popularmente como “pessoas difíceis de lidar”, bastante comum no âmbito familiar e no grupo de trabalho dentro das organizações.

Vocês devem estar se perguntando, “o que é inteligência emocional?”.

Bem, todas as pessoas possuem IE (Inteligência Emocional), algumas em maior ou em menor proporção, mas que pode ser desenvolvida, expandida ou ampliada. A inteligência emocional é a habilidade de lidar com as nossas emoções e saber reconhecer as emoções na outra pessoa. Parece simples, mas é preciso trilhar um caminho obscuro, refletindo mais profundamente sobre das nossas dificuldades e estar disposto à busca o nosso autoconhecimento. É bastante comum que muitas pessoas com as mesmas especializações e capacidades técnicas, algumas se sobre saiam obtenham grande êxito e sucesso profissional em quanto outras não. As que se destacam são pessoas que desenvolveram IE e aprenderam a lidar com as adversidades cotidiano com serenidade e sabedoria, mas isso não quer dizer que essas pessoas são mais inteligente que as outras, é preciso enfatizar que são duas inteligências diferentes e que precisam andar juntas de mãos dadas.

As pessoas com inteligência emocional desenvolvida sabem reconhecer e avaliar seus pontos fracos e fortes, gerenciar as suas emoções, assim, adquirem grande potencial para liderança. São pessoas fáceis de perceber pelo seu convívio tranquilo, pois sabem escutar, aceitar a opinião do outro, são eticamente corretas, buscam sempre novos desafios, são resilientes, possuem um olhar empático perante as outras pessoas, conseguem perceber e avaliar as emoções, tanto neles próprios como nas outras pessoas, tornando assim o seu ambiente de convívio muito mais agradável e harmônico. Geralmente pessoas com essas atitudes de alguma maneira foram em busca de seu autoconhecimento.