Notícias

(Ginásio municipal Rodolfo Arno Goldhart, teve danos de grande monta, foto Rádio Sul Brasileira)

Nas ruas, era possível descrever os estragos causados pelo forte vendaval que atingiu o município de Panambi no interior do estado. Árvores caídas, casas destelhadas, fios de energia sobre ruas e calçadas, vias bloqueadas além de muitos destroços espalhados por toda parte. O temporal que iniciou por volta das 04h00min da madrugada de quinta feira, deixou a cidade completamente destruída e sem energia elétrica. A cidade ainda se recupera da tempestade do dia (01) que também causou danos em alguns bairros localizados. Desta vez com mais intensidade e ventos de aproximadamente 100kh a região central foi a mais afetada. A tempestade forte, como foi categorizada o fenômeno pelo Inmet, originou-se do encontro de uma massa de ar quente com uma massa de ar frio, típico da Primavera.

Moradores relatam nunca terem visto algo tão assustador. “Eram ventos muito fortes, estou com 33 anos e nunca havia presenciado uma situação como esta, moramos em uma cobertura no oitavo andar do nosso apartamento, sentimos muito medo quando começamos a ouvir fortes barulhos de telhas sendo arrancadas e vidros quebrando. Temos que agradecer a Deus por estarmos todos em nossas casas, abrigados naquele momento, poderíamos estar no trabalho, crianças estariam nas escolas... Fica então esse sentimento de agradecimento por sairmos ilesos, com apenas danos materiais e também com esse abalo psicológico que com certeza vai passar com o tempo”, relatou Margarete Ludwig.

A população panambiense teve vários transtornos no decorrer de toda manhã, o corpo de bombeiros registrou um altíssimo número de chamadas como também uma grande procura por lonas. O setor de obras da prefeitura municipal atrasou seus trabalhos de limpeza das ruas devido os funcionários estarem concertando os danos causados em suas residências. O comércio sofreu grandes danos, em algumas empresas o telhado foi totalmente arrancado e a água acabou molhando computadores e diversos aparelhos eletrônicos, funcionários precisaram ser dispensados. Várias escolas tiveram às aulas suspensas devido aos danos causados pelo vendaval, no total cerca de oito foram atingidas.

 Segundo o prefeito de Panambi Daniel Hinnah, só nesse ano vários investimentos precisaram ser feitos devido às ações climáticas que vem ocorrendo; quatro pontes tiveram que ser reconstruídas devido às enxurradas, estradas do interior necessitaram de reparos e agora com os últimos temporais, a prefeitura vem auxiliando a comunidade com lonas, telhas e demais materiais. O prefeito ressalta ainda que a população precisa estar preparada para lidar com eventos como este, é recomendado se informar com a defesa civil do município sobre como agir e que medidas tomar frente a essas situações.

 

 

Consumidores da Hidropan recebem, desde sexta-feira (13) a conta de energia elétrica em um novo formato. Agora, o documento é impresso no momento em que o leiturista estiver realizando a leitura.

Para o supervisor comercial da Hidropan Lauri Diefenthäler, “o principal benefício é o cliente ter acesso à conta de energia elétrica no mesmo momento em que o leiturista registra o consumo do medidor. O novo processo, que inclui medição, impressão e entrega do documento de forma instantânea, alcança um novo patamar de eficiência e tecnologia devido a melhoria na agilidade do serviço e transparência, sendo ainda possível para empresa ter uma redução nos custos operacionais”, afirma.

A Hidropan lembra que o cliente deve manter livre o acesso ao medidor.

O que muda na conta?

– Método de entrega: a conta é impressa no momento da leitura em uma impressora portátil. O documento pode ser entregue em mãos para o cliente ou colocado na caixa de correspondência.

– Disposição das informações: as informações consideradas prioritárias, como código da UC, data de vencimento e valor a pagar, estão em posição de destaque na parte superior da conta.

O que fazer em caso de dúvida?

O consumidor pode entrar em contato com a Hidropan pelo telefone 0800 51 4040 ou pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

FONTE: Hidropan Panambi RS

Tendo como mão de obra os próprios moradores dos bairros, moradores da Esperança, Piratini e Jardim Paraguai, receberam da Prefeitura Municipal materiais de construção para reforma dos centros comunitários. No dia 07 de outubro, foi entregue, na Prefeitura, autorizações para a retirada de materiais para as reformas. Estiveram presentes no dia da entrega, o Prefeito Daniel Hinnah, o secretário de obras, Paulo Schwingel e o Chefe de Gabinete, Romário Heitor Malheiros. 

Paulo Schwingel e Romário Malheiros fizeram visitas, nos últimos meses, aos centros comunitários, para analisar as condições de uso e receber dos líderes comunitários reclamações de infraestrutura, destas visitas, o resultado foi a parceria para com a comunidade residente dos três bairros no quesito mão de obra; os materiais serão todos fornecidos por conta da Prefeitura. O Prefeito esclarece que “por isso a prioridade foi para os bairros onde já existe uma boa mobilização da comunidade para ajudar na execução das obras”.

 

Ademais os brinquedos, mateada e apresentações, o evento marcará a abertura dos Jogos Abertos, temporada 2017. O evento está sendo programado pelo Departamento de Esportes, Turismo e Lazer (Destur). Na quinta-feira, dia 12, no Parque Municipal Rudolfo Arno Goldhardt as crianças terão programações preparadas especialmente à elas e suas respectivas famílias. 

A programação terá início as 10h com mateada e brinquedos infláveis. Na parte da tarde acontecerá apresentações e desfile de animais de estimação. A Biblioteca do SESI e o Museu e Arquivo Histórico estarão abertos, disponibilizando atrativos culturais. As 17h inicia a solenidade de abertura dos Jogos Abertos. Todas as programações deste dia serão gratuitas à comunidade. 

 

 

 

Mais artigos...