Notícias

 

Na manhã desta segunda-feira (18) estiveram reunidos com o prefeito Milton Schmitz no gabinete, os secretários Aldrin Keyser (Agricultura) e Lori Bolesina (Administração), o presidente do Lions Clube Glória, Izaias Perin e sua companheira Varna Perin, a governadora imediata do Lions (IPDG) Maria de Lourdes Gobbi e a chefe do escritório local da Emater e engenheira agrônoma, Ana Clara Vian.

Na ocasião foi apresentado ao prefeito a ideia do projeto Flores contra a Dengue, uma parceria da Secretaria da Agricultura, Lions Clube e Emater. O projeto inspirado na campanha realizada pelo Lions Clube Constantina visa incentivar o cultivo da crotalária, uma planta que combate à proliferação do aedes aegypti. A planta crotalária atrai a libélula, que é um predador natural do mosquito transmissor da dengue, chicungunha e zika.

O projeto Flores contra a Dengue pretende estimular a população a cultivar a crotalária em possíveis focos do mosquito, como praças, jardins, quintais, vasos e margens de rios. Segundo o secretário, Aldrin Keyser, a prefeitura por intermédio da Agricultura irá disponibilizar um espaço na estufa para a produção das plantas do projeto, bem como a empresa Emater que também irá dispor de um lugar para a produção das crotalárias em suas dependências.

No próximo Prefeitura nos Bairros, que acontece no dia 21 de outubro, a Agricultura já estará distribuindo mudas de cotralária à população. 

 

Como a crotalária combate o mosquito da dengue?

 A crotalária atrai a libélula, um inseto predador do mosquito da dengue. Com o plantio da planta no jardim ou quintal de casa, ou até no jardim da empresa, a libélula, que busca colocar ovos em água parada, assim como o mosquito aedes aegypti, vai depositar seus ovos, essas larvas vão se alimentar das larvas do mosquito transmissor da dengue acabando com aquele foco. O mesmo acontece com a libélula adulta, ela é predadora e se alimenta de pequenos insetos, o que inclui o mosquito transmissor da dengue. Assim, quebra-se a cadeia reprodutora do aedes aegypti. 

 

Conscientização

O plantio da crotalária é apenas uma medida de combate, é importante que toda a população se conscientize fazendo a sua parte com a limpeza e cuidado de quintais e jardins.

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Carazinho