Profissões em Alta para 2015-2016

Profissões em Alta para 2015-2016

Carreiras
Typography

Se você já trabalha ou quer trabalhar com finanças, administração, contabilidade, RH, tecnologia, marketing, engenharia ou saúde, saiba que o ano promete! É que esses serão os profissionais mais cobiçados pelas empresas em 2015-2016, de acordo com especialistas em recrutamento e seleção.

Veja, a seguir, quais os cargos em alta para estes anos e a formação exigida para cada um deles.

 

 

Profissões em alta: Executivos, diretores e gerentes

Em 2015-2016, as empresas devem procurar executivos nas áreas de finanças, controles internos e de produção, governança corporativa, tecnologia, vendas e logística, entre outros. São 18 cargos em alta com formações variadas e, no caso de multinacionais, saber outros idiomas é fundamental. Experiência na área também é um requisito.

 

  • Gerente/diretor de planejamento financeiro

Formação: Administração, economia, ciências contábeis ou engenharia, com pós-graduação na área financeira.

 

  • Gerente de planejamento tributário

Formação: Ciências contábeis ou direito. Pós-graduação na área é um diferencial.

 

  • Gerente ou diretor de compliance e controles internos

Formação: Direito ou administração e finanças com ênfase em auditoria e controle.

 

  • Executivo ou gerente de projetos

Formação: Certificação para gerentes de projetos (PMP).

 

  • Diretor de engenharia e produção

Perfil: Engenharia, preferencialmente em habilitação compatível com o setor da empresa.

 

  • Executivo de vendas/ gerente/ diretor comercial

Formação: Variada. A experiência no setor conta mais pontos.

 

  • Gerente de TI

Formação:  Ciências da computação ou cursos correlatos.

 

  • Diretor financeiro/CFO

Formação: Administração, ciências contábeis ou economia, com MBA ou pós-graduação.

 

  • CEO para novas empresas de médio porte

Formação: Economia, finanças ou administração de empresas.

 

  • Executivo de governança corporativa

Formação: Administração, engenharia, economia ou direito, com pós e cursos de governança.

 

  • Gerente de compras

Formação: Economia, finanças ou administração de empresas.

 

  • Gerente ou diretor de marketing, branding e inovação

Formação: Economia, finanças ou administração de empresas.

 

  • Gerente de logística

Formação: Engenharia, administração ou economia, com pós-graduação em logística.

 

  • Executivo de supply chain (cadeia de suprimentos)

Formação: Engenharia ou administração, com pós-graduação em cadeia de suprimentos.

 

  • Gerente de riscos

Formação: Administração, economia, ciências contábeis ou tecnologia da informação, com conhecimentos técnicos da Lei Sarbanes- Oxley (SOX).

 

  • Gerente ou diretor de produção (operação)

Formação: Engenharia, com MBA executivo.

 

  • Gerente de obras industriais
    Formação: Engenharia civil.

 

  • Gerente de desenvolvimento de negócios

Formação: Engenharia, administração de empresas ou áreas correlatas.

 

 

Profissões em alta: Finanças e Administração

O mercado não está buscando somente executivos. Em 2015-2016, profissionais especialistas em reestruturação de empresas e controladoria também devem ser bastante procurados pelas empresas.

 

  • Especialista em reestruturação e recuperação de empresas

Formação: Administração de empresas e áreas correlatas com especialização em reestruturação e recuperação.

 

  • Controller

Formação: Ciências contábeis, administração ou economia, com especialização em controladoria ou gestão financeira.

 

Profissões em alta: Direito

Áreas como compliance, ética, recuperação judicial de empresas, direito tributário e trabalhista estão em alta. Confira os profissionais mais cobiçados pelas empresas neste e no próximo ano.

  • Advogado especializado em compliance e ética

Formação: Direito, com sólidos conhecimentos em interpretação legal e sobre o negócio da empresa.

 

  • Advogado tributarista

Formação: Direito e contabilidade, com especialização em planejamento tributário.

 

  • Advogado trabalhista

Formação: Direito, com especialização na área trabalhista e relações sindicais.

 

  • Advogado especializado em recuperação judicial e de crédito

Formação: Direito, com sólidos conhecimentos da lei de recuperação judicial e experiência em contencioso bancário.

 

Profissões em alta: Recursos Humanos

Profissionais de RH e coaches  corporativos são duas profissões em alta para 2016.

  • Analista, especialista ou gestor de recursos humanos

Formação: Administração de empresas, psicologia, economia, engenharia, recursos humanos.

 

  • Coach corporativo

Formação: Variada, com experiência corporativa.

 

Profissões em alta: Tecnologia da Informação (TI)

Profissionais especializados em computação em nuvem, ciência de dados (big data), arquitetura de soluções e desenvolvimento para celulares serão bastante procurados em 2015.

  • Desenvolvedor mobile

Formação: Tecnologia da informação, ciência da computação e afins, com experiência em frameworks e linguagens como Java, C, C++ e J2EE.

 

  • Arquiteto de soluções

Formação: Tecnologia da informação, ciência da computação e afins, com experiência técnica, visão ampla de negócios e conhecimentos do portfólio da empresa.

 

  • Cientista de dados/ engenheiro de big data

Formação: Engenharia da computação, estatística ou matemática, com mestrado em matemática aplicada ou computação distribuída.

 

  • Arquiteto de computação em nuvem

Formação: Tecnologia da informação, principalmente com ênfase em redes de computadores e cursos de especialização e certificações na área.

 

  • Especialista em governança de computação em nuvem

Formação: Tecnologia da informação e domínio de metodologias como CobiT, ITIL e afins.

 

  • Arquiteto corporativo

Formação: Tecnologia da informação, com pós-graduação ou MBA em negócios e conhecimento das metodologias TOGAF, SOA, CobiT , ITIL e BPMN.

 

Profissões em alta: Engenharia

A engenharia continua sendo um dos cursos mais procurados nos vestibulares de todo o País. A possibilidade de salários altos e boa empregabilidade contam pontos na hora de escolher essa formação e em 2015-2016 os setores de engenharia naval, petróleo e energias renováveis estarão em alta.

 

  • Engenheiro de óleo e gás e construção naval

Formação: Engenharia, com especializações ligadas à área de atuação.

 

  • Engenheiro de instalação

Formação: Engenharia (naval, mecânica, elétrica ou eletrônica), com experiência prática em Movimentação de Cargas em regime offshore, ROV, Survey etc.

 

  • Gerente de embarcações/operações

Formação: Oficial de náutica ou de máquinas, ou engenharia mecânica com bons conhecimentos de equipamentos de praça de máquinas.

 

  • Engenheiro de recursos eólicos

Formação: Preferencialmente, engenharia ou física, com conhecimento no setor de energias renováveis.

 

Profissões em alta: Marketing

Marketing digital e mídias sociais estão em alta há algum tempo e em 2015 e 2016 deve aumentar também a procura por profissionais capazes de entender o comportamento do consumidor.

 

  • Profissional de mídias sociais

Formação: Marketing ou comunicação, com experiência em ambiente digital e visão estratégica.

 

  • Profissional de marketing digital

Formação: Cursos na área digital são desejáveis, embora a formação superior específica não seja obrigatória.

 

  • Profissional de marketing na área de consumo & insights de mercado

Formação: Variada, com visão estratégica e capacidade de entender o mercado e o comportamento do consumidor.

 

 

Profissões em alta: Saúde

O setor farmacêutico é um dos que mais crescem no País. Neste ano e no próximo, três tipos de profissionais da saúde serão bastante procurados por essa indústria:

 

  • Especialista em Políticas de Desenvolvimento Produtivo (PDPs)

Formação: Áreas da saúde ou administração, com experiência em gestão de negócios, indústria e processos do Ministério da Saúde.

 

  • Médico para indústria farmacêutica

Formação: Medicina, com especializações ligadas aos produtos desenvolvidos pela indústria farmacêutica contratante.

 

  • Profissional de acesso para indústria farmacêutica

Formação: Áreas da saúde ou administração, com experiência no setor farmacêutico e conhecimento dos processos do Ministério da Saúde e secretarias da saúde.

 

O que você achou das profissões que estarão em alta em 2015? Você se encaixa em um desses perfis?

 

*Fonte: Revista Exame, dezembro de 2014.