Revista Online Elite em Foco
×

Mensagem

fsockopen(): unable to connect to ssl://query.yahooapis.com:443 (php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known)

fsockopen(): unable to connect to ssl://query.yahooapis.com:443 (php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known)

fsockopen(): unable to connect to ssl://query.yahooapis.com:443 (php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known)

fsockopen(): unable to connect to ssl://query.yahooapis.com:443 (php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known)

fsockopen(): unable to connect to ssl://query.yahooapis.com:443 (php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known)

fsockopen(): unable to connect to ssl://query.yahooapis.com:443 (php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known)

fsockopen(): unable to connect to ssl://query.yahooapis.com:443 (php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known)

Outros Destaques para Você

Painel Listagem

Viagens mais baratas, portos vazios e festas tradicionais são atrativos da época

 O verão costuma ser a época escolhida para passar férias e fazer uma viagem, mas mudar de estação pode trazer recompensas, dependendo da região visitada. No hemisfério norte o outono pode ser bom para aproveitar alguns países como Alemanha, Estados Unidos, México, Portugal, Espanha ou Grécia. Os cruzeiros em alguns desses destinos no período entre fim de setembro e início de dezembro podem ficar mais baratos, e os portos de escalas já não estão mais tão cheios de turistas quanto no verão e primavera, o que torna mais fácil conhecê-los. E algumas das festividades mais famosas do mundo ocorrem justamente nesses meses.

Ilhas Gregas mais tranquilas
O outono europeu pode ser uma ótima época para fazer um cruzeiro romântico por uma das regiões mais belas do continente, as Ilhas Gregas. Ainda quentes, sem chuva e com menos turistas do que na primavera e verão, elas podem ser exploradas e apreciadas com mais tranquilidade. Um roteiro que passa por elas parte em 21 de outubro de Roma a bordo do Rhapsody of the Seas, da Royal Caribbean International, e tem duração de nove noites. As escalas ocorrem em Chania, Creta, Myconos, Santorini, Atenas e Katakolon, na Grécia, e Éfeso, na Turquia. Cabines para este roteiro custam a partir de R$ 3.331 por pessoa, mais taxas.


Oktoberfest de Munique 

A mais tradicional festa cervejeira do mundo ocorre justamente no início do outono no hemisfério norte. Apesar do nome, a festa mais conhecida de Munique, na Alemanha, inicia em setembro, neste ano no dia 19, e segue até dia 4 de outubro. Durante este período a cidade fica repleta de apreciadores da bebida, que podem conferir a qualidade das cervejas alemãs participantes, degustarem pratos típicos e participar de muitas festas. Um roteiro que inclui excursão para Munique no período (na escala em Nurembergue) parte de Budapeste, na Hungria, justamente no dia em que a festa começa. A viagem fluvial de 20 dias a bordo do AmaLyra, da AmaWaterways passa por lugares como Bratislava (Eslováquia), Viena (Áustria), Bamberg (cidade alemã onde ocorre degustação de cerveja), e Paris (França). As cabines têm preços a partir de US$ 8.498 (R$ 28.254,15) por pessoa, mais taxas.

Praias mexicanas
Duas regiões boas para visitar no outono do hemisfério norte são os Estados Unidos e o Golfo do México. No final de outubro os norte-americanos comemoram um de seus feriados mais famosos, o Halloween, e o Golfo do México segue com sol, mas com preços atrativos. Um cruzeiro como o do Carnival Elation de cinco dias e partida em 31 de outubro, é boa alternativa. A viagem já começa em Nova Orleans, nos Estados Unidos, e visita Cozumel e Yucatan, no México, com cabines por apenas US$ 289 (R$ 990,79) por pessoa, mais taxas.

Douro e suas delícias
Também Portugal é um destino interessante no outono, época de colheitas na região. Ao longo do rio Douro há vários cruzeiros que exploram o país e são uma boa oportunidade de aproveitar a ótima culinária e os famosos vinhos portugueses. Na paisagem ainda é possível observar as belas plantações de uvas viníferas. Um roteiro pelo país pode ser feito a bordo do Viking Torgil, da Viking River Cruises, com partida em 27 de outubro e duração de 10 dias. A partida ocorre em Lisboa com escalas em Porto, Bitetos, Régua, Pinhão e Barca D\'Alva, em Portugal, além de Salamanca e Vega de Terrón, na Espanha, outras áreas também interessantes no outono. As cabines partem de US$ 6.610 (R$ 21.976,93) por pessoa, mais taxas.

Caribe mais barato
Por falar em destino com sol, temperaturas agradáveis, belezas naturais e bons preços no outono, poucos se equiparam ao Caribe. A região é a mais visitada do mundo por navios de cruzeiros e tem temporada durante praticamente todo o ano, já que conserva o tempo bom sempre. No entanto, a partir do outono as viagens começam a ficar mais baratas e as praias, antes cheias, ficam mais tranquilas. Uma boa pedida para um cruzeiro na região é este do Independence of the Seas, da Royal Caribbean, com cinco noites de duração. O roteiro de cinco dias parte de Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, em 7 de novembro, e tem escalas na Cidade de Belize, em Belize, e Cozumel. As cabines partem de R$ 1 mil por pessoa, mais taxas.

 

 

UM ESTADO QUE TEM TUDO PARA VOCÊ APROVEITAR O TEMPO TODO...
 
Se tem uma palavra que define o Rio Grande do Sul é diversidade. Nosso Estado tem atrações turísticas para todas as épocas do ano. Do Litoral à Serra, das Missões ao Pampa, você desfruta de momentos inesquecíveis. Venha viver essa experiência!!!

Ser gaúcho é motivo de muito orgulho para cada um dos 10,5 milhões de habitantes do Rio Grande do Sul. Mais dia menos dia, mesmo quem não é nascido no estado, mas ali vive, começa a adquirir costumes como tomar chimarrão, preparar um bom churrasco, torcer para Internacional ou Grêmio, além de ceder a outras tradições locais. A posição geográfica reforça os laços com argentinos e uruguaios, ressaltados no cantarolar do sotaque, na dieta carnívora e até na adaptação a invernos rigorosos. Considerado por Portugal uma capitania somente em 1807, o território pertencia até então, pelo Tratado de Tordesilhas, aos espanhóis. Ao longo da história, a região foi palco de guerras, como a Cisplatina (1825-1828) e a do Paraguai (1864-1870).

No intervalo entre as duas, aconteceram levantes que deram origem ao maior conflito civil do país, a Revolução dos Farrapos (1835-1845), de ideal separatista. As ondas imigratórias também resultaram na formação de uma identidade local, com a chegada de agricultores alemães e italianos, cuja presença marca o turismo da Serra Gaúcha em cidades como Gramado e Canela, muito procuradas na temporada de inverno, e nos municípios que compõem o Vale dos Vinhedos.

Entre as belas paisagens do interior, as mais impressionantes estão nos arredores de Cambará do Sul, porta de acesso ao Parque Nacional de Aparados da Serra e à sua grande atração, o Cânion do Itaimbezinho, cujos desfiladeiros de 720 metros de profundidade e 6 quilômetros de extensão são margeados por araucárias.

Abaixo, destaca os principais atrativos dos sete municípios gaúchos : 

 

Porto Alegre – Como em qualquer metrópole, os visitantes encontrarão na capital gaúcha uma grande variedade de atrativos, especialmente os culturais. A cidade é provida de um grande número de museus e centros culturais, como o Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS), a Fundação Iberê Camargo, a Casa de Cultura Mário Quinta e a Usina do Gasômetro, entre outros. Quem quiser relaxar, pode dar um passeio pelos vários parques da cidade ou apreciar o famoso pôr do sol do Guaíba.

Bento Gonçalves – Na cidade da serra gaúcha, a principal atração é o turismo gastronômico. Na capital nacional do vinho, é quase uma obrigação conhecer as vinícolas que se espalham pela cidade. No Vale dos Vinhedos, os praticantes do enoturismo são conduzidos por uma estrada emoldurada por colinas e muitos parreirais, onde estão a maioria das fábricas. A região também oferece bons bares e restaurantes, muito deles especializados na cozinha italiana.

Cambará do Sul - O município de Cambará do Sul é o destino para os praticantes do turismo de aventura ou ecoturismo. A cidade hospeda quem visita os parques nacionais dos Aparados da Serra e da Serra Geral. No primeiro, com infra-estrutura completa para visitação, encontra-se o Cânion do Itaimbezinho, o maior da América do Sul, com 5,8 mil metros de extensão e cerca de 200 metros de largura. Há ainda várias opções de trilha na região.

 Nova Petrópolis – Essa cidade serrana é ideal para quem optar pelo turismo rural. Colonizada por alemães, a cidade é conhecida como o “jardim da serra gaúcha”, em razão das paisagens e monumentos ornamentados por flores em cada canto da pequena cidade. A cidade é boa opção para quem procura o turismo rural. Passeios percorrem propriedades de imigrantes, incluindo degustação comidas e apresentações de músicas e danças típicas.

 
São Francisco de Paula - São Chico, como é carinhosamente chamada pelos habitantes da cidade, é famosa pelas paisagens bucólicas, que costumam ser cobertas por geada nos meses mais frios do ano. O turismo rural e de aventura são os mais explorados em razão da diversidade natural da região, composta de campos, matas nativas, vales, montanhas, rios, cascatas, cachoeiras e barragens. O cenário é propício para a prática de esportes como rapel, tirolesa, montanhismo e ciclismo.
 
Gramado – Um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil, Gramado é famosa pelas temperaturas negativas e possibilidade de neve durante o inverno, além de Festival de Cinema e o célebre prêmio: o Kikito. As belas paisagens, a arquitetura europeia e várias opções gastronômicas, com destaque para os famosos chocolates, também costumam encantar os visitantes. Nos meses mais frios, a cidade ainda oferece uma vida noturna agitada. No verão, a atração é o evento Natal Luz.
 
Canela – Situada ao lado de Gramado, Canela conserva a mesma arquitetura e charme da cidade vizinha e ainda oferece bons atrativos naturais. Um deles é o Parque do Caracol, onde se destaca a cascada de mesmo nome, com 131 metros de queda livre. A estrutura ainda oferece restaurante, feira de artesanato, mirantes, trilhas ecológicas e passeio de trem, além de equipamentos para a prática de mountain bike, canoagem e rapel, entre outros esportes radicais.
 
 

Datas programadas para setembro de 2015 - CAMINHADA ESPECIAL DA SEMANA FARROUPILHA. Essa caminhada coincide com as comemorações que os gaúchos fazem relembrando a revolução que aconteceu no século XIX e ajuda a preservar a cultura gaúcha. São saídas para grupos, mas é possível percorrer o Caminho individualmente.


 

Entre em contato para outras datas pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.\"">O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou fone (55) 3312 96 32

 

TRAJETO DE 3 DIAS

DISTÂNCIA

PROGRAMAÇÃO

HORÁRIO

São Miguel - Santo Ângelo

72 km

17/09/2015

 
 \"DSCF7601\"  

Recepção*

Preparação

Traslado São Miguel

Visitação São Miguel

13h30min

14h

15h30min

17h

   

18/09/2015

 
   

Início da Caminhada

6h

   

20/09/2015

 
   

Chegada em Santo Ângelo

11h30min

 

Aqui estão as datas programadas para novembro de 2014 - CAMINHADA DE PRIMAVERA. Essa caminhada coincide com a estação das flores, com girassois floridos e temperaturas amenas entre 25°C e 30°C. São saídas para grupos, mas é possivel percorrer o Caminho individualmente.

O Caminho das Missões  passou  de 13 para 14 dias e de 07 para 08 dias de caminhada, incluindo Santuário do Caaró local histórico das Missões e com Fonte de água considerada Milagrosa.

 

 

Confira os roteiros de caminhada CLICANDO AQUI

 

TRAJETO DE 14DIAS

DISTÂNCIA

PROGRAMAÇÃO

HORÁRIO

São Borja - Santo Ângelo

325 km

26/10/2015

 
 \"ruinas\"  

Preparação

City Tour

Início da caminhada

13h30min

14h

15h30min

   

08/11/2015

 
   

Chegada Santo Ângelo

11h30min

 

TRAJETO DE 6 DIAS

DISTÂNCIA

PROGRAMAÇÃO

HORÁRIO

São Borja - São Nicolau

155 km

26/10/2015

 
 \"DSCF1601\"  

Preparação

City Tour

Início da caminhada

13h30min

14h

15h30min

   

31/10/2015

 
   

Chegada São Nicolau

11h30min

 

TRAJETO DE 8 DIAS

DISTÂNCIA

PROGRAMAÇÃO

HORÁRIO

São Nicolau - Santo Ângelo

185 km

31/10/2015

 
 \"DSCF5163\"  

Recepção*

Preparação

Traslado São Nicolau

Visitação São Nicolau

13h30min

14h

15h30min

17h

   

01/11/2015

 
   

Início da Caminhada

6h

   

08/11/2015

 
   

Chegada em Santo Ângelo

11h30min

TRAJETO DE 3 DIAS

DISTÂNCIA

PROGRAMAÇÃO

HORÁRIO

São Miguel - Santo Ângelo

72 km

05/11/2015

 
 \"DSCF7601\"  

Recepção*

Preparação

Traslado São Miguel

Visitação São Miguel

13h30min

14h

15h30min

17h

   

06/11/2015

 
   

Início da Caminhada

6h

   

08/11/2015

 
   

Chegada em Santo Ângelo

11h30min

 

 

Viver e sentir o cotidiano dos imigrantes italianos na época de 1875, ano chave que marcou a chegada dos primeiros italianos na região. O propósito é envolver o visitante no contexto, fazendo-o sentir as mesmas emoções e necessidades que os imigrantes tiveram desde a saída da Itália até a chegada ao Brasil.

Visitar o parque é embarcar numa verdadeira viagem pelo tempo que conta a história de um casal de imigrantes, Lazaro e Rosa, bisavós dos idealizadores Susana Giordani e Leonardo Giordani


 

Em 2.000 metros de área construída, foram montados nove ambientes que retratam aspectos que vão desde a vida na Itália, passando pela viagem ao Brasil, e por fim, a adaptação no novo continente. A atuação dos atores e os efeitos especiais de som e luz proporcionam uma maior dinâmica dando vida às réplicas e ambientes. A visita dura aproximadamente 45 minutos.

Parque Temático Epopéia Italiana

Rua Visconde São Gabriel, 507 - Bairro Cidade Alta

Informações: (54) 3454-1789 - www.giordaniturismo.com.br

A Rota Romântica

Localizada entre a planície do Vale do Sinos até o Planalto da Serra Gaúcha, a 40 Km de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, a Rota Romântica é um roteiro irresistível, onde a cultura alemã e o clima europeu são destaques. São Leopoldo, Novo Hamburgo, Estância Velha, Ivoti, Dois Irmãos, Morro Reuter, Santa Maria do Herval, Presidente Lucena, Linha Nova, Picada Café, Nova Petrópolis, Gramado, Canela e São Francisco de Paula são as cidades que compõe a Rota Romântica.

Leia mais...

A capital de estado mais ao sul do Brasil tem um nome sugestivo. Só as palavras 'Porto' e 'Alegre' passam a quem não conhece uma grande tranquilidade e dão a ideia de um lugar calmo e feliz. Apesar de ter 1,5 milhão de habitantes, ainda conserva os ares e as tradições de uma cidade pequena, não faltando quem queira passear pelos parques domingo de manhã, preparar um bom churrasco ou se deliciar num chimarrão com o vizinho.

Em Porto Alegre, a fala quase cantada dos gaúchos é capaz de encantar quem não está acostumado ou quem adora ouvir os sotaques dos quatro cantos do Brasil. Com um ar europeu e clima mais ainda, na cidade hoje se proliferam os cafés - ótimos lugares para você descansar das andanças pelo Centro.

Leia mais...

A moda retrógrada anos 80 estará em cena no próximo verão/2018 com peças em tecidos metalizados, mangas bufantes, ombreiras e, claro, muito brilho.

Se você quer estar na moda, acerte no look. As cores e originalidade são tendências para a temporada. Para quem pertenceu à década de 80, tem vivo em sua memória recordações de vestimentas que faziam sucesso na época. Um tempo onde ser bacana e ter um visual legal eram sinônimos de muitas cores e exagero visual.

Leia mais...

O título deste artigo é, na verdade, a pergunta de 1 milhão de dólares da moda masculina!

Mas afinal, como podemos reconhecer roupas de qualidade nessa imensidão de produtos que nos são oferecidos todos os dias?


A solução para este problema é relativamente simples e vamos explicá-la passo a passo:

1 – Não tenha medo de adentrar lojas de grifes de alta qualidade

\"\"

Quando passar em frente de um endereço de uma grife top não perca a oportunidade de entrar e tocar nos produtos, observar o caimento, prestar atenção nos detalhes do acabamento, como a costura ou o forro de um paletó ou jaqueta. Quando você tiver conhecimento do que é produzido por marcas como Ermenegildo Zegna, Jaeger LeCoultre, Bottega Veneta ou Salvatore Ferragamo nunca mais olhará uma peça de roupa ou um acessório da mesma maneira, já que marcas desse nível só usam o melhor do melhor e utilizam mão de obra altamente especializada. Essas referências serão fundamentais  quando você for comprar suas próprias roupas, mesmo que elas sejam baratas, pois você vai se esmerar para encontrar o melhor que o seu dinheiro pode comprar, tornando-se mais crítico e exigente.

Fique atento: Se você não tem nenhuma loja dessas por perto, não desanime, visite sites, veja lookbooks, campanhas e desfiles, preste atenção em detalhes e como o traje veste. Com a qualidade das fotos atuais dá para ver muito da roupa mesmo estando do outro lado do mundo.

2 – Leia as etiquetas para saber o que está levando

\"\"

As vezes é meio complicado reconhecer um tecido só pelo toque, portanto vale a pena encontrar a etiqueta com a composição do material para saber se é algo que pode ser comprado com total confiança. Fibras sintéticas sempre são mais quentes e nem sempre o toque é agradável, mas tem maleabilidade e elasticidade,  já as naturais como algodão, seda e lã costumam “respirar” melhor e gerar tecidos mais nobres. É comum encontrar tecidos híbridos, ou seja, misturas de fibras com a finalidade de tornar a roupa mais confortável, impermeável e até mais resistente, um exemplo disso é o jeans com elastano que se molda melhor ao corpo, dá liberdade de movimentos e não aperta. Em alguns casos, porém, os tecidos puros são imbatíveis, como a lã fria que tem propriedades térmicas incríveis, deixando o corpo respirar durante o dia e aquecendo a noite, sendo usada até pelos beduínos para enfrentar as temperaturas extremas do deserto.

Fique atento: aproveite para olhar as instruções de conservação e lavagem, não compre uma peça de roupa que não vai ter onde guardar ou que não está disposto a pagar por lavagens a seco periódicas.

 

3 – Leia a respeito de moda masculina

\"\"

Ok, se você está lendo este post, provavelmente já deve ter dado esse passo, mas mesmo se em algum ponto você acreditar ter muito para aprender e perder o ânimo, não desista, saber sobre caimento, modelagem e acabamento é importante para reconhecer roupas de qualidade e investir seu dinheiro da melhor maneira possível,  além disso você ficará por dentro de tendências, novidades, combinações e os dress codes apropriados para seu estilo de vida.

Fique atento: blogs e portais são uma ótima maneira de ficar informado, mas não deixe de lado os livros e revistas nacionais ou estrangeiras.

 

4 – Eleja seus preferidos e compare

\"\"

Fique de olho nos lançamentos de suas grifes preferidas para saber as novidades que estão chegando ou ainda vão chegar por aqui, compre com base no seu conhecimento prévio, saiba o que é original e o que foi inspirado em algo lançado anteriormente e, caso tenha optado por este produto, saiba se ele foi bem executado.

Fique atento: que fique claro que não estamos falando de pirataria ou produtos falsificados! Tudo bem você comprar uma polo parecida com a da Lacoste, cujo design contém alguns elementos que já são comuns a esse tipo de peça, mas se ela ostenta a marca sem autorização, ou foi produzida por uma empresa que não tem nada a ver com a grife do jacarezinho, fuja! Falsificações vão contra tudo aquilo que um homem que preza qualidade acredita.

 

5 – Procure por produtos que tenham acabamento feito a mão

\"\"

Não é regra, mas geralmente os produtos feitos a mão tem mais qualidade e valor agregado, além de demonstrar a preocupação da marca com a excelência. Produtos feitos em escala industrial perdem um pouco de seu encanto, exclusividade e, principalmente, seu esmero. Um exemplo disso é o estilista Tom Ford que faz questão de que a entretela de seus paletós seja costurada a mão para um melhor caimento, ou as grifes de alta relojoaria suíça, como a Vacheron Contantin, que tem como ponto de honra o maquinário feito por artesãos perfeccionistas que moldam dezenas de minúsculas peças e montam uma a uma em uma mecanismo primoroso. Estas empresas chegaram a conclusão que em algumas tarefas a mão do homem pode dar a um simples item de vestuário características únicas e preciosas.

Fique atento: produção manual também não é garantia de qualidade, é importante checar também a procedência do produto e saber se a grife é confiável.

 

Aplicando as dicas:

Para finalizar é bom deixar claro mais uma vez que você nunca deve descuidar de 4 elementos de sua roupa: matéria prima, caimento, design e acabamento, juntos eles definirão a qualidade da peça em suas mãos, ainda que ela seja relativamente barata e de uma marca despojada.

Prossiga assim:

  • Veja se o design é original, interessante e tem relação com seu estilo, pense nas peças desse tipo que você já viu e faça a comparação;
  • Verifique a etiqueta (ou embalagem em alguns casos!) para saber qual o material do produto;
  • Certifique-se que o forro não está sobrando (se tiver) e que costuras não estão tortas ou mal feitas, por exemplo
  • Procure por detalhes que expliquem como foi feito o item e qual sua procedência;
  • Experimente no corpo, veja se não tem muito tecido sobrando ou se está muito apertada;
  • Pese tudo na balança, julgue o custo/benefício para proceder na compra ou abortar. Em caso de dúvida, não hesite em deixar a compra para depois e, enquanto isso, deixe amadurecer a ideia.

Aos 20 anos, muitas mulheres ainda não encontraram seu estilo, mas já têm uma reserva de dinheiro para gastar com compras. Essa combinação provoca alguns erros de moda que todo mundo já cometeu – mas que servem de lição para o futuro. Veja 10 furadas em que com certeza você já caiu ao ir às compras.


 

1 - Comprar roupa nova por preguiça de lavar as suas.

Chegou o dia daquela festa e seu vestido favorito estava sujo. Em vez de lavar você comprou um nome e ainda deu a desculpa de que estava mesmo precisando de uma roupa nova.

 

 

2 - Comprar uma roupa que você não gostou muito porque sua amiga disse que ficou ótima.

 
O resultado é sempre dinheiro gasto e uma roupa encostada no fundo do armário.
 

3 - Comprar uma roupa que você achou que iria mudar sua vida.

 
Tudo bem que mudar o visual ajuda a motivar, mas você com certeza percebeu que comprar uma peça não era a chave da sua felicidade.
 

4 - Não repetir roupa por medo de julgamentos.

 
Você achava que as pessoas iriam reconhecer a roupa e te criticar. Hoje em dia, não há mais motivos para isso – até famosas como Beyoncé e Kate Middleton fazem isso sem preocupações.
 
 

5 - Gastar muito dinheiro com roupas de má qualidade e reclamar que não tem nada realmente bom.

 
De vez em quando, vale guardar o dinheiro daquelas várias blusinhas básicas para investir em uma peça que vai durar muito tempo.
 

6 - Comprar várias roupas iguais.

 
Na dúvida do que levar, você sempre acabava indo para casa com peças muito parecidas com as que você já tinha.
 

7 - Comprar sapatos que machucam porque são bonitos.

 
E deixá-los encostados no armário para sempre.
 

8 - Não comprar algo que você queria porque sua amiga já tinha.

 
E o medo de vocês duas saírem com a mesma roupa?
 
 

9 - Fazer comprar por tédio.

 
Você estava sem nada para fazer e resolveu dar uma passadinha inocente no shopping – e acabou saindo de lá com roupas que não precisava.
 

10- Comprar uma roupa incrível e não ter coragem de usar.

 
Ao chegar em casa, você achou que a roupa era inusitada ou ousada demais e a deixou guardara para aquela ocasião “especial” – que não rolou até hoje.

 

O universo masculino é cheio de preconceitos, mas isso caiu muito nos últimos anos e a moda teve muitos avanços. Agora, muitos homens buscam novidades para se vestir e criar seu visual. Por isso, criamos a lista com 10 dicas de moda masculina que todo homem deveria saber.


 

São 10 dicas bem básicas que nunca saem de moda e que você precisa estar ciente. Apesar disso, nunca te falaram todas essas coisas de forma tão direta. Então, anota aí!

1 – O básico sempre está na moda

Na tentativa de inovar e trazer sempre coisas interessantes para o visual, muitos homens tentam fazer combinações que não combinam muito bem e acabam formando um visual poluído. Por isso, essa é uma das dicas de moda masculina mais importantes. Quando não souber muito o que fazer, foque no básico que não tem chances de errar e sempre estará na moda.

2 – Moda masculina é feita no detalhe

A moda feminina é cheia de tendências, inspirações e grandes inovações. Enquanto isso, a moda masculina vem aos poucos, caminhando nos detalhes. As grandes dicas de moda masculina quase sempre estão nos detalhes, como uma manga dobrada, uma gola diferente, um detalhe no sapato etc.

3 – Se cuidar não define orientação sexual

Recebemos centenas de comentários preconceituosos sobre moda e cuidados pessoais. Existe uma ideia de que gostar de se vestir bem, cuidar da aparência e sentir-se bonito definem a orientação sexual. Isso não tem nada a ver. Moda é moda. Sexo é sexo. Todo homem precisa aprender isso de uma vez por todas.

\"\"

4 – As meias coloridas são muito elegantes

Chega de meias brancas e pretas, né? Como disse antes, as principais dicas de moda masculina estão nos detalhes. As meias coloridas são alguns destes detalhes. Você pode combinar a cor da meia com outros detalhes de seu visual e criar uma combinação incrível que será uma grande diferença em seu visual.

5 – Escolha o tamanho certo

Nem muito grande, nem muito apertado. Essa é uma daquelas dicas de moda masculina que não precisariam ser ensinadas, assim como a 3, mas é preciso estar aqui. Roupas muito largas ou muito justas não são legais em nenhum homem, seja gordo, magro ou sarado. Busque o tamanho certo pra que o visual fique muito melhor.

6 – Acessórios também são para homens

Entre todos os preconceitos da moda masculina, um dos mais fortes é de que os acessórios não são coisas de homens, apenas de mulheres. Nada disso! Eles são extremamente importantes para compor seu visual. Não à toa, as pulseiras, colares, cintos e chapéus estão cada vez mais em alta. Uma das dicas de moda masculina que todo homem deve saber é Invista nos acessórios para ganhar mais estilo.

\"\"

7 – Tênis de corrida é para correr

Tá! Essa aqui não é apenas uma das dicas de moda masculina. Essa é uma dica pra todos. Os tênis de corrida são apenas para corrida. Eles não ficam legais na maior parte dos visuais. Tenha um tênis melhor, uma bota masculina e outros calçados que fujam do já batido tênis de corrida.

8 – Sapatos funcionam bem com roupas casuais

Maior parte dos homens acreditam que os sapatos são feitos para usar apenas com roupas sociais, no máximo em um esporte fino, mas você pode combinar diferentes tipos de sapatos com roupas casuais para criar um estilo muito mais interessante e ainda foge dos tênis de corrida que já falamos no item anterior.

\"\"

9 – Chapéu poder ser mais interessante que boné

Quase todos os homens jovens adoram um boné e não tiram da sua cabeça. É verdade que cria um estilo bem jovem e descontraído para a maioria, mas um chapéu pode ser muito mais legal. Se todos estão usando um boné, usar um chapéu é uma daquelas dicas de moda masculina que podem deixar o seu visual muito mais interessante e diferente da maioria.

10 – Cores e estampas sempre caem bem

A primeira das 10 dicas de moda masculina que demos aqui é “o básico sempre está na moda”. Isso não significa que você não pode investir em outras ideias. As cores e estampas sempre são interessantes na moda masculina. Você pode usá-las muito bem e com resultados bem legais no visual. Basta usar um pouco de bom senso…

A valorização do conhecimento dos vestuários de diferentes culturas influenciou a moda. Na segunda metade da década de 1960 e início dos anos 1970, esta influência se tornou uma tendência acentuada, conforme estilistas mesclavam traços étnicos em suas coleções. (MACKENZIE, 2010, p.102)


 

\"A

A partir de 1865 definiu-se a indumentária do gaucho atual. Chapéu de couro ou e feltro de abas largas, o poncho sobre os ombros, o lenço, uma camisa de lã. Na cintura a guaiaca, cinto largo onde traz a faca, a bombacha, calça larga e apertada no tornozelo, as botas com “chilenas” (esporas de rosetas grandes), e finalmente ao pulso, a presilha do rebenque da várias tiras, não esquecendo do laço de couro de burro.

Historicamente, a indumentária gaúcha é uma mistura das vestes indígenas somadas as do colonizador europeu, principalmente o ibérico. Ao passo que ibéricos e indígenas mestiçavam-se, suas culturas também começavam a mesclar-se, originando assim o tipo humano vivente das estepes pampeanas. (FLORES, 2007, p. 3).

Este homem que “surgia”, além de estar totalmente ambientado em seu territórionatural, ora entre índios, ora entre europeus, passou a ser o verdadeiro fruto de uma terra, a simbiose perfeita. (FLURY, 1951, p. 117).

Em primeiro momento, a vestimenta do homem gaúcho não passava de um chiripá de couro (ao modo indígena), uma camisa de algodão herdada de algum europeu, seu chapéu de couro cru – chamado de chapéu pança de burro – suas botas de garrão (chamada assim porque eram feitas a partir do couro retirado das patas traseiras de animais como cavalos, mulas e bovinos, quando estes já se encontravam mortos) e o pala, igualmente indígena, por vezes feito da lã dos guanacos e lhamas no caso dos gaúchos da pampa argentina, ou em forma de capa, feita do couro de animais diversos (mais utilizado no Uruguai e Rio Grande do Sul). (GOLIN, 1999, p. 96).

\"capa\"

 

Um autêntico gaúcho (habitante dos pampas da América do Sul) e look da coleção de inverno de Donna Karan. A pilcha – como é chamada a indumentária típica dos gaúchos – serviu de inspiração para algumas coleções apresentadas na ultima NYFW. Nesse look de Donna Karan é possível ver claramente algumas referências à pilcha: esse “pano” enrolado nas pernas chamado de chiripá, as botas e essa espécie de “cobertor” de lã xadrez sobre os ombros.

\"Trajes

Trajes de peão e china. (Séc. XVIII). 

\"Peão

Peão e china. (Séc. XIX).

Digamos que seja neste período inicial que a vestimenta gaúcha se fundamentou como símbolo deste homem miscigenado, porém, ainda não é neste período que ela se estabiliza como referência cultural gauchesca, este momento surge em um período posterior, momento em que a rudeza da manufatura dava lugar a novos produtos, porém, sem nunca deixar sua marca principal, as marcas da mescla indígena e européia. Porém, uma das peças mais importantes do traje gauchesco moderno não trás nenhuma das partes envolvidas na mencionada hibridização, a bombacha, herança da Guerra do Paraguai, passou a ser usada pelos gaúchos somente após o fim desta contenda; peça repassada pelo exército inglês as tropas da Tríplice Aliança, era uma calça de montaria utilizada pelo exército otomano, aliado inglês na Guerra da Criméia. (GOLIN, 1999, pp. 96-97).

Imerso as mudanças sociais que se davam com o advento das independências sul-americanas, o homem pampeano não se obrigou a somente mudar seu modo de vida livre e rebelde que estava habituado desde os primórdios da colonização para se adequar aos novos Estados emergentes, sobretudo, obrigou-se a se remodelar a uma nova configuração social, que além de trazer novas prerrogativas acerca da economia, cultura e sociabilidade frente aos demais, fez com que a própria estampa campeira deste homem se remodelasse. (LESSA, 2002, p. 188).

Deste modo, a indumentária gauchesca começa a ser uma identidade, a traçar o perfil destes trabalhadores rurais, antes livres e neste momento do século XIX já habituados aos cercamentos das estâncias. Neste contexto, não pode-se esquecer aquilo que tange a vestimenta feminina; a mulher do gaúcho, primariamente conhecida como “china”¹, assim como seu par, sofreu diversas mudanças ao longo da história, tantas mudanças que não só afetaram na sua vestimenta, como também a modificação do termo utilizado para designá-la.² (LESSA, 2002, p. 102).

\"Trajes

Trajes gaúchos da metade do Séc. XIX até os dias atuais.

Neste sentido, a indumentária feminina (ainda indígena), sofreu sua primeira intervenção com a missionalização dos guarani organizada pela Ordem de Jesus, popularmente conhecidos como Jesuítas; nas missões guaraníticas, a mulher era obrigada a cobrir-se inteiramente, do pescoço até metade das canelas. Após a mesma mestiçagem sofrida pelo homem, a mulher começa a incorporar traços europeus aos seus trajes, sejam nos enfeites para os cabelos, saias com tecidos estampados e as blusas de algodão. (ASSUNÇÃO, 2007, p. 113).

Ainda, para melhor esclarecimento, visamos com este texto uma abordagem acerca do trabalhador rural – como já mencionado anteriormente – sem dedicarmos mais especificações aos patrões, que desde a época das vacarias já se utilizavam de outra indumentária bem mais elaborada, onde destacavam-se para os homens o jaleco tipo bolero, o chapéu aba larga de feltro e a imensa quantidade de adornos de prata que revestiam seu cinto, faca, rebenque e até os aperos de seus cavalos. Para a mulher não é diferente, o traje feminino da patroa atendia aos moldes europeus, com pouca influência terrunha em seu traje. (ASSUNÇÃO, 2007, p. 207).

\"Trajes

Trajes dos patrões das Vacarias.

\"Trajes

Trajes dos patrões das Vacarias.

Contudo, o movimento gauchesco, ganha uma nova roupagem com o passar do século XX, a indumentária gaúcha – tanto no Uruguai, Argentina ou Rio Grande do Sul – passa a ser motivo de orgulho para suas populações, o homem do campo passa a ser o símbolo destas regionalidades, trazendo de volta o espírito pátrio que havia, de certa forma, sido esquecido. Com isso, a roupa do modo gaúcho passa a ser industrializada, lojas especializadas surgem para atender demandas ainda maiores, visto que a partir dos anos 90 do século passado surge um movimento chamado de “pan-gauchismo”, ou seja, aquilo que as fronteiras políticas trataram de separar, a cultura acaba por novamente unir.

A cultura gauchesca foi o que inspirou o brasileiro Carlos Miele ao criar sua coleção apresentada em Nova York. Peças com referências dos trajes típicos gaúchos foram vistas na passarela: ponchos, chapéus e faixas com estamparia geométrica.

\"9\"

\"6\"

O primeiro look já deixou claro de onde veio a inspiração: calças que lembram     bombachas, poncho de lã macia, faixa na cintura e chapéu original da cultura gaúcha.

\"7\"

Os vestidos de festa, DNA da marca, trouxeram luxo e sofisticação em materiais leves e esvoaçantes, como cetim e organza. Drapeados ou não, alguns modelos vinham com faixa na cintura, outros ganhavam bolero como acessório e o chapéu sempre presente referenciando o tema da coleção.

\"8\"

Na cartela de cores tons terrosos, amarelo, vermelho, azul, dourado e preto, lembrando as paisagens dos pampas, um lugar tranqüilo para estabelecer-se.

 

Conclusão

Por fim podemos perceber o quanto a vestimenta do gaucho foi se modificando ao longo dos tempos, recebendo heranças de outras culturas e lugares do mundo, e que mesmo um povo tão esquecido e enraizado no seu tempo e costumes consegue servir de inspiração para artistas mostrarem o quanto é bonita e amada nossa cultura.

 

Referências:

  • Bibliografia
    • ASSUNÇÃO, Fernando O. Historia del Gaucho. 2ª Ed. Buenos Aires: Claridad, 2007.
    • FLORES, Moacyr. Gaúcho: História e Mito. Porto Alegre: EST, 2007.
    • FLURY, Lázaro. Motivos Argentinos. Buenos Aires: Ciordia & Rodríguez, 1951.
    • GOLIN, Tau. O povo do pampa. Passo Fundo: EDIUPF; Porto Alegre: Sulina, 1999.
    • KÖHLER, Carl. História do vestuário. 3ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2009.
    • KÜHN, Fábio. Breve história do Rio Grande do Sul. 3ª Ed. Porto Alegre: Leitura XXI, 2007.
    • LESSA, Barbosa. Rio Grande do Sul, prazer em conhecê-lo. 4ª Ed. Porto Alegre: AGE, 2002.
    • LEVENTON, Melissa. História ilustrada do vestuário. São Paulo: Publifolha, 2009.
    • MACKENZIE, Mairi. Ismos para entender a moda. São Paulo: Globo, 2010.
    • SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagem ao Rio Grande do Sul. 4ª Ed. Porto Alegre: Martins Livreiro, 2002.

A moda é imortal e com o giro de tendências, o que foi sucesso há dez anos (ou mais) acaba retornando e concebendo o trono de maior novidade novamente. É incrível como o que está sendo sucesso no momento, vai deixar de ser e daqui um tempo, fará a cabeça de fashionistas outra vez

 

 

Este acessório já esta em muitas mulheres estilosas e com atitude, está nas famosas e nas novelas...São as gargantilhas Chockers (ou coleiras rígidas). Elas tiveram origem nos anos 90, eram mais chamativas, com detalhes pesados e com estilo rock'n'roll! Este ano elas estão de volta e tem para todos os gostos... Fina, grossa, dourada, prateada, onix, com correntes, fechadas com golas ou abertas, existe uma variedade grande de modelos e cores.

 

As Chokers ficaram ainda mais em evidência em grandes desfiles, como o da Chanel, da Lanvin e da Balmain, e nos looks de algumas famosas como a Rihanna, que adora e sempre usa o acessório

Algumas delas optam por modelos mais clássicos e delicados, outras já gostam dos modelos com mais detalhes, rendas, pedras, correntes...
 
Portanto, odiada por muitos e amada por outros tantos, ela, finalmente, está conseguindo um lugar ao sol em meio a outras tantas tendências resgatadas, assim, nos últimos desfiles das mais renomadas grifes lá estavam os Chokers, mais poderosos e sexy que nunca!

 

Givenchy, Krizia e Céline são algumas marcas que já apostaram nos Chokers, ou gargantilhas

 

E como nada e nem ninguém faz sucesso sozinho… até mesmo os chokers ficam ainda mais show quando combinados com colares mais longos, deixando o visual moderno e descolado.

As estrias são o terror de muitas mulheres e não importa se elas estão localizadas nos seios, na barriga, nas costas ou nas pernas, o fato é que essas marcas esbranquiçadas ou avermelhadas incomodam – e muito! Ainda que possam ser escondidas com a roupa ou disfarçadas com maquiagem, ter a pele estriada compromete a autoestima feminina e, em muitos casos, impede que as mulheres  fiquem de bem com o espelho e possam desfrutar das praias   sem qualquer constrangimento. 

Vale ressaltar que as estrias são problemas mais comuns do que se imagina. Tão frequentes quanto a celulite, as estrias são marcas ocasionadas pelo rompimento das fibras elásticas sustentadoras da pele. Essas fibras são compostas por elastina e colágeno, responsáveis pela tonicidade e elasticidade da pele. Isso significa que simples cremes tópicos não resolvem os problemas de estria, pois são insuficientes para repor o colágeno e elastina necessários para manter a pele sadia. É preciso investir em tratamentos mais intensos e efetivos, que sejam capazes de dar fim às estrias.

Confira os principais procedimentos estéticos e descubra qual é o melhor para você!


 

Laser de CO2 fracionado

O tratamento com laser de CO2 fracionado é um procedimento ideal para quem deseja manter apele lisa, sem marcas e livre de flacidez. Os resultados desse tratamento estético podem ser percebidos na primeira sessão e, além de promover a beleza e uniformidade da pele do corpo, ele também ajuda no rejuvenescimento facial – quando aplicado no rosto.

 

Cumpre ressaltar que tal procedimento não é invasivo e possibilita uma transformação global na pele, sendo capaz de amenizar problemas como rugas, cicatrizes e estrias. Para completar, ele suaviza ou elimina manchas. Normalmente, com três sessões é possível concluir o tratamento, mas a duração deve ser ajustada de acordo com as necessidades de cada pessoa.

Carboxiterapia

A carboxiterapia  apresenta resultados surpreendentes no tratamento de peles estriadas. Afinal, esse procedimento estimula a produção de elastina e colágeno – logo, promove a renovação celular, melhora a textura da pele e combate problemas como estrias, olheiras,celulite e flacidez. Indicada para todas as idades, a carboxiterapia deixa a pele mais lisa, firme e uniforme com cerca de 10 sessões.

Microdermabrasão ou peeling de diamante

O peeling de diamante tem a finalidade de renovar a camada mais superficial da pele, de forma suave e gradual. Esse processo ocorre por meio da descamação em um primeiro momento, bem como promove a regeneração celular da região. Esse tratamento estético é um bom coadjuvante na eliminação de estrias, mas para obter resultados mais satisfatórios é importante associá-lo a outros procedimentos estéticos.

Visite uma clínica de estética  para avaliar qual é o tratamento ideal para o seu caso. O número de sessões é variável e também irá depender da quantidade e tipo de estrias que você possui. Lembre-se que as vermelhas são mais fáceis de tratar por serem mais recentes.

Quando te disserem que estria não tem tratamento, não acredite! Como você bem viu, existem procedimentos que amenizam as cicatrizes e até são capazes de eliminar o problema – a depender do caso.

 

Para tirar as olheiras escuras, pode-se recorrer a tratamentos caseiros simples, como pepino, camomila e batata, mas também existem outros tratamentos estéticos que alcançam ótimos resultados, como uso de um creme para olheiras correto e os tratamentos clínicos como o laser e o peeling com ácidos.

Normalmente quando a mulher apresenta olheiras de vez em quando, quando dorme mal, passa a noite chorando ou quando está muito cansada, os tratamentos caseiros resolvem, mas quando a mulher apresenta olheiras profundas, muito escuras e outras mulheres da família também apresentam esta característica, pode ser necessário recorrer a tratamentos especializados, realizados por médicos ou fisioterapeutas especialistas.

Tratamentos para tirar olheiras

Algumas ótimas opções de tratamentos para olheiras são:


 

  1. Aplicar uma compressa fria de chá de camomila antes de dormir e ao acordar porque a camomila acalma a pele e a temperatura fria diminui o tamanho dos vasos sanguíneos, clareando a área dos olhos;
  2. Colocar rodelas de batata fria ou rodelas de pepino e deixar atuar durante aproximadamente 15 minutos, a temperatura faz uma vasoconstricção, deixando a região menos inchada e tanto o pepino como a batata clareiam a pele naturalmente;
  3. Cremes para olheiras: Prescritos pelo dermatologista, que vão ajudar a diminuir os vasos sanguíneos, descongestionar a área e clareá-la. O creme escolhido deve ser aplicado à noite nas olheiras, com movimentos circulares no sentido anti-horário, de fora para o canto interno dos olhos, até que seja completamente absorvido.
  4. Peeling com ácido (retinoico ou glicólico): Potente tratamento estético, que alcança ótimos resultados, sendo especialmente indicado para casos de olheira genética, muito escuras e bem marcadas;
  5. Laser: Excelente tratamento que deve ser realizado pelo dermatologista ou fisioterapeuta especializado, que consegue eliminar boa parte da olheira e em alguns casos até mesmo eliminá-la.

Alimentar-se bem, beber bastante água, descansar o suficiente, deixar de fumar, evitar o estresse e as noites mal dormidas são também algumas formas de evitar a aparecimento ou agravamento das olheiras.

Tanto a batata como o pepino tem propriedades calmantes que vão diminuir as olheiras e melhorar o aspecto do rosto e, por estarem geladas, os \\\"vasinhos\\\" da região ficarão diminuídos, melhorando o aspecto das olheiras.

Outros remédios caseiros para olheiras são:

  • Fazer uma pasta com abacaxi e açafrão e aplicar nas olheiras, deixando atuar por 15 minutos;
  • Amassar meio tomate maduro e aplicar nas olheiras, deixando atuar por 20 minutos.

Estes remédios caseiros são úteis para tirar olheiras porque eles conseguem clarear a pele da região em poucos minutos, clareando as olheiras.

 

Conheça a seguir os 10 mandamentos para uma pele do rosto perfeita!

  1. Evite o sol, a poluição atmosférica, o stress, o álcool, o tabaco, noites mal dormidas e excessos alimentares.
  2. Crie uma rotina de cuidados diários apropriados à sua pele.
  3. Use sempre protetores solares pois evita o envelhecimento precoce da pele.
  4. Hidrate a sua pele de manhã e à noite, quer com o uso de um creme hidratante adequado quer bebendo cerca de um litro e meio de água por dia.
  5. Limpe sempre a sua pele antes de aplicar qualquer creme e para remover sujidade ou maquilhagem.
  6. Cuide da elasticidade da sua pele tonificando-a, caso se trate de uma pele mista ou oleosa.
  7. Certifique-se que na sua alimentação, existem alimentos tais como frutas e legumes crus, ricos em antioxidantes, que retardam o envelhecimento da pele. Pode ainda complementar com o uso de cremes contendo vitamina A ou vitamina E.
  8. Estimule a sua pele a produzir colagénio, usando, por exemplo, cremes de noite contendo retinol ou alfahidroxiácidos.
  9. Alise o grão da sua pele, com soluções em gel se se tratar de uma pele oleosa ou com cremes ou loções, se se tratar de uma pele seca.
  10. Uniformize a tez, usando despigmentantes para aclarar ou eliminar manchas ou sardas. Se o seu rosto tem constantemente vermelhidões, produtos para a rosácea podem ser a solução (consulte um dermatologista). Nos dois casos, o uso de uma base apropriada é uma maneira rápida de uniformizar a cor do seu rosto.

Tratar da sobrancelha em casa pode ser perigoso, não somente por tirar os pelos da maneira incorreta, mas muitas vezes por usar produtos fortes e inadequados.
“A região do rosto é uma área delicada, tanto a pele, como os pelos da sobrancelha são mais sensíveis nessa região. Além dos tradicionais erros como se empolgar na pinça e afinar de mais o molde ou fazer um design inadequado para a harmonia do rosto, o que poucas pessoas se preocupam é que existem riscos maiores como infecções ou alergias com os produtos utilizados” conta Luzia Costa.

Confira abaixo alguns dos principais erros e como evitá-los:



Foliculite:
Quando tiramos qualquer pelo do corpo o folículo fica aberto, é nessa hora que resíduos podem entrar, causando uma infecção. Isso também acontece na hora de tirar os pelos da sobrancelha, ou seja, ao invés de “limpar” a área, podemos causar um aspecto pior, com inflamação e pontos vermelhos.
Luzia explica que para evitar esse tipo de situação é simples, basta sempre higienizar a pele antes do procedimento. Passar um algodão com adstringente é o ideal.
Não tratar os pelos
Assim como o cabelo, os pelos da sobrancelha devem ser tratados. Com o tempo, o pelo vai perdendo a força e pode cair com mais frequência, então o ideal é se precaver, e tratar sempre. 

Pintar a sobrancelha
Esse pode ser um dos erros mais perigosos, pois pode causar uma alergia ou até mesmo a queda dos pelos. Muitas mulheres optam por tingir a sobrancelha com a mesma tintura do cabelo, ou até mesmo descolorir. Os dois produtos utilizados para esse procedimento, tanto a tinta de cabelo como o descolorante, são fortíssimos para a região e totalmente inadequados. “Indico sempre fazer a menor alteração possível na cor da sobrancelha para não deixar o visual artificial, mas para as mulheres que querem mudar, existem produtos de tintura exclusivos para a área. Na Sóbrancelhas usamos esse método, a tintura é bem parecida com henna, porém pega somente nos pelos e tem durabilidade maior, além de não irritar a região. O procedimento é sempre realizado após um teste de reação alérgica, claro.
Não cuidar da pele
Como falado anteriormente, quando tratamos a região do rosto, precisamos lembrar que ela é uma das áreas mais sensíveis do corpo, ou seja, após qualquer intervenção na sobrancelha podemos agredir o rosto e é necessário tomar um cuidado para não deixar a região avermelhada. As opções são variadas, pode ser uma água termal ou um produto oligotônico, que a própria marca oferece. Essas opções ajudam a nutrir, hidratar e tonificar a pele, fechando os poros e evitando as infecções.

 

Quantidade de cirurgias plásticas realizadas no Brasil entra em queda e país perde a liderança mundial em número de procedimentos realizados

\"\\"\\"\"

O mercado de procedimentos estéticos segue aquecido, praticamente alheio à crise econômica que tem impactado quase todos os setores econômicos brasileiros e deve levar a uma contração que pode chegar a 2% do PIB neste ano. A surpreendente alta na demanda por tratamentos menos invasivos e financeiramente mais acessíveis nas redes de estética ocorre no mesmo momento em que o Brasil acaba de perder a liderança mundial em número de cirurgias plásticas realizadas.


 

Luiz Perez, diretor de Marketing e Novos Negócios da Pró-Corpo Estética Avançada, rede que registrou 36% de crescimento no primeiro semestre de 2015, explica esse movimento: “O que se nota é uma migração da demanda de procedimentos cirúrgicos, que são mais complexos e caros, para o mercado de estética, que tem oferecido tratamentos seguros, acessíveis e cada vez mais eficazes. A classe média brasileira passou a ter acesso aos serviços estéticos e, com isso, pôde comprovar que cuidar de si mesmo traz ganhos de autoestima e confiança. A vontade de cuidar da saúde e da beleza vai continuar em alta por um bom tempo”.

\"\\"\\"\"


O crescimento da procura pelos serviços das clínicas de estética contrasta com a retração do desempenho de cirurgias plásticas. Os procedimentos para aumento de mama (prótese de silicone) e lipoaspiração registraram queda de 41 mil e 10 mil intervenções, respectivamente, em 2014, em comparação ao ano anterior. No total, foram feitas 1,34 milhão de cirurgias no ano passado – 148 mil a menos em relação a 2013, segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética.

“Além da migração da demanda de cirurgias plásticas para o segmento de estética, há outros movimentos relevantes que têm favorecido nosso setor nos últimos anos, como a ascensão da classe C, que passou a ter acesso a tratamentos estéticos de qualidade e não pensa em abrir mão disso. Além disso, em virtude da crise, as classes A e B têm optado por tratamentos estéticos mais acessíveis. Ou seja, o mercado de estética vive um momento positivo, com um grande aumento do público consumidor em potencial”, explica Perez.

A empresa, que no ano passado faturou R$ 60 milhões, já registrou aumento de 36% nas vendas no primeiro semestre deste ano – justamente o período que costuma ser menos movimentado, em virtude da aproximação do inverno. Os tratamentos mais buscados na Unidade Paulista foram: Lipocavitação (alta de 72%), Botox (52%) e Preenchimento (50%).

fonte: negocioestetica.com.

Geralmente, as primeira rugas e linhas de expressão surgem na região dos olhos já por volta dos 30 anos. Chamado popularmente de \\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\"pés de galinha\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\", ficam mais em evidência nas mulheres de pele bem clarinha.

Segundo especialistas, em quem não trata corretamente da pele os sinais ficam ainda mais evidentes. Além disso, podem surgir também manchas e outros sinais indesejados.

O mercado hoje disponibiliza substâncias que são capazes de rejuvenescer a pele. O problema é que além de custarem caro, nem sempre eles proporcionam o resultado esperado.

Por outro lado, a boa notícia é que dá para amenizar sinais de expressão e até eliminar algumas manchas de forma bem natural. Ou seja, através da alimentação, dos cremes e produtos caseiros.


 


Na opinião de profissionais, a natureza é o melhor salão de beleza que existe. Nela, há produtos naturais e alimentos com substâncias tratam a pele da forma que ela merece, combatendo as rugas, os pés de galinha e demais sinais de envelhecimento.

Dentre os ingredientes, temos a cenoura, o pepino, a maçã, o limão, a babosa, o mel e a aveia, alimentos que agem melhorando a aparência da pele. Estes, quando combinados corretamente, dá para fazer máscaras e cremes que proporcionam ótimos resultados em um curto prazo de tempo.

Os especialistas explicam que para cada problema como olheiras, acnes, manchas e sinais indesejados, existem ingredientes específicos no tratamento. Combinações naturais que se transformam em poderosos cremes caseiros feitos a base de produtos naturais, alimentos e ervas substânciais.

\"\\"\\\\"\\\\\\\\"\\\\\\\\"\\\\"\\"\"
Máscara caseira anti-rugas

Ingredientes

   _ 50g de pepino

- 50g de polpa de babosa
- 50ml de água

Modo de fazer

Bata tudo no liquidificador. Em seguida, guarde a mistura na geladeira em um recipiente de vidro fechado. Aplique no rosto todas as noites. Como a validade é de sete dias, uma nova receita deve ser feita a cada semana.

Seleção para Negócios & Desenvolvimento Pessoal

O SEBRAE/RS vai oferecer uma semana de capacitação especial para empreendedores em todo o Estado. De 21 a 26 de setembro, nas cidades de Porto Alegre, Novo Hamburgo, Santa Maria, Passo Fundo, Rio Grande e Uruguaiana haverá tendas de atendimento, com programação gratuita de palestras, capacitações, oficinas e orientações. As atividades, que ocorrem em parceria com entidades locais, visam preparar e incentivar empresários a melhorarem seus negócios. Nas cidades onde não haverá a tenda de atendimentos, as capacitações estarão com valores reduzidos em 50%. As solenidades de abertura das tendas ocorrem na próxima segunda-feira, 21 de setembro, às 10h.

De acordo com dados do Ibope Media, o investimento publicitário na América Latina cresceu 5,7% este ano. Esse crescimento comprova que mesmo em tempos de crise e instabilidade econômica, algumas empresas aproveitam o cenário para se diferenciar das demais, investindo em tecnologias que reduzem os custos e aceleram a distribuição do conteúdo publicitário.

Diante desse quadro de investimento, ficou evidente a necessidade de aprimorar os processos. Empreendedores e gestores que estão mais antenados as novas tendências do mercado, agora podem garantir a otimização e eficácia de seus serviços e, ao mesmo tempo, reduzir gastos sem diminuir a produtividade e qualidade na entrega da publicidade digital.

Com o surgimento de novas tecnologias ficou mais prático realizar a distribuição de conteúdo, apresentações, propostas e até mesmo reuniões. No segmento publicitário isso fica ainda mais claro. Com o uso das ferramentas e plataformas disponíveis no mercado, a distribuição de comerciais para diferentes canais, como TVs, Vídeos sob demanda, cinema e até mesmo out of home advertising, passou a ter mais agilidade, praticidade, segurança e economia.

Por meio de plataformas que oferecem uma gama de soluções customizadas, a publicidade digital proporciona às empresas a possibilidade de interatividade entre as pessoas, com o compartilhamento de informações, imagens, vídeos, arquivos de áudio e qualquer conteúdo em diferentes devices, de maneira simultânea. Hoje em dia, o que percebo é que o objetivo maior dos profissionais de publicidade digital é atrair visitas para seu site ou fazer com que os internautas e consumidores mantenham a marca na cabeça mesmo que inconsciente, daí a importância de entregar um conteúdo relevante e em diferentes momentos.

Para finalizar, é importante ressaltar que uma estratégia de publicidade não é nada sem um planejamento robusto por trás, pois somente dessa forma será possível conseguir ser bem-sucedida e ter resultados eficientes. O que agências e anunciantes precisam entender é que criar campanhas atraentes, que despertam a atenção, aliado a uma boa ferramenta de distribuição, é de extrema importância para chamar atenção do seu público-alvo e conseguir uma verdadeira conexão com o consumidor final.

Celso Vergeiro é CEO da AdStream, plataforma de armazenamento e distribuição de conteúdo publicitário

Portal: Administradores

A Coach Network e sua equipe são especializados em desenvolvimento de treinamentos presenciais e Online e disponibiliza para você que acessa o portal Elite em Foco um destes treinamentos, que é parte da Série de Treinamentos e encontros ao vivo para desenvolvimento da potencialidade humana em relação a sua liderança.
 

A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas informa que a partir desta quinta-feira (24) até 16 de outubro estarão abertas as inscrições para o concurso público regido pelo Edital n. 022/2015 para 10 cargos técnico-administrativos em educação na UFSM. As inscrições poderão ser feitas via internet.

As vagas são para os campi de Cachoeira do Sul, Palmeira das Missões, Santa Maria e São João do Polêsine.

Próximos Eventos

Anuncie conosco também...